Como Tudo Começou: Filme da História da IASD em HD

domingo, março 05, 2017



Produzido pelo Hope Channel, canal adventista da Austrália, o filme narra a história dos pioneiros do movimento adventista. O longa-metragem, que totalizou cinco milhões de dólares, contou com o maior elenco já envolvido em obras adventistas: 95 atores, 157 pessoas da equipe de apoio e mil figurantes.

Como sugere o pastor Rafael Rossi, líder do departamento de Comunicação da igreja na América do Sul, o filme poderá ser usado como ferramenta de apoio ao projeto “Eu Conheço a Minha História”. Além disso, ele destaca que “o alto nível da produção e o tema central do filme serão extremamente úteis para consolidar os membros da Igreja, discipular os novos na fé, apoiar os Pequenos Grupos e especialmente ajudar no preparo de novos candidatos ao batismo”.O projeto é a realização do sonho do ex-presidente da Igreja Adventista na Austrália, pastor Chester Stanley. O líder mundial da denominação, pastor Ted Wilson, afirmou que o filme “vai ser um tremendo encorajamento espiritual para o povo de Deus e o público em geral”.

Os espectadores poderão conhecer como foi o processo de descoberta e organização das doutrinas adventistas, os debates teológicos, a superação do desapontamento de 22 de outubro de 1844 e a inspiração divina para encontrar a verdade. A produção cinematográfica mostra também qual foi a importância do dom profético manifestado em Ellen White para o movimento. O filme é uma oportunidade para que as pessoas que não professam a fé adventista conheçam as raízes históricas da denominação.

Com o objetivo de alcançar maior número de pessoas, Como Tudo Começou ganhará versões dubladas em francês, espanhol e português, mas a previsão é de que nos próximos três anos o filme esteja legendado em mais de 30 idiomas.






Cite a fonte = http://pastorclaudiosampaio.blogspot.com

You Might Also Like

0 comments

Sua opinião é importante para mim. O que você pode acrescentar? Entretanto, observe:

1. Os comentários devem ser de acordo com o assunto do post.
2. Avalie, pergunte, elogie ou critique. Mas respeite a ética cristã: sem ataques pessoais, ofensas e palavrões.
3. Comentários anônimos não serão publicados. Crie algum nome de improviso para assinar o escrito, caso não queira se identificar.
4. Links de promoção de empresas e sites serão deletados.
5. Talvez seu comentário não seja respondido imediatamente
6. Obrigado pela participação.

Google+

Tweeter

Like us on Facebook